Ormesson-sur-Marne


Ormesson-sur-Marne


Ormesson-sur-Marne é uma comuna francesa na região administrativa da Ilha-de-França, no departamento de Val-de-Marne. Estende-se por uma área de 3,41 km². Em 2010 a comuna tinha 9 904 habitantes (densidade: 2 904,4 hab./km²).

Toponímia

História

Demografia


Cultura e Patrimônio

Locais e monumentos

O Château d'Ormesson, construído a partir de 1598 sobre o que era a paróquia de Amboile, está situado no território da comuna. Foi classificado pelos Monumentos Históricos em 1889.

André Le Fèvre d'Ormesson tornou-se proprietário das terras da antiga vila de Amboile e de seu castelo se casando em 1630 com a filha de Nicolas Le Prévost, senhor de Amboile; foi ele quem deu ao castelo e à vila de Amboile o nome de Ormesson, nome que conservaram até hoje.

Seu filho mais velho Olivier (1616-1686), membro da Câmara de Justiça encarregado de julgar Nicolas Fouquet por crime de lesa-majestade, salvou a cabeça recusando os falsos documentos fabricados por Colbert; é atribuída esta resposta a um enviado do rei ou de Colbert: "O Tribunal faz julgamentos e não serviços"; isso lhe valeu (como a La Fontaine) a desgraça definitiva do Rei-Sol.

Personalidades ligadas à comuna

  • Marie Henri d'Ormesson (da família Lefèvre d'Ormesson) (1785-1858), genro do Marechal Grouchy, prefeito de 1813 à 1830 ;
  • Wladimir Le Fèvre d'Ormesson (1888-1973), escritor, jornalista e diplomata, prefeito de 1919 à 1925 ;
  • Olivier d'Ormesson (1918-2012), político, prefeito de 1947 à 1998.

Ver também

  • Lista de comunas do Vale do Marne

Referências

Ligações externas

  • Site oficial

Ormesson-sur-Marne


Langue des articles



Quelques articles à proximité